Comunicação da linguagem corporal – 9 coisas que você deve absolutamente evitar ao lidar com um cliente irritado

Aqui estão os nove principais sinais e gestos negativos da linguagem corporal que você deve absolutamente evitar ao lidar com um cliente irritado em uma situação tensa:

1 expressão facial errada

Esteja sempre atento à sua expressão facial quando estiver se comunicando com um cliente, especialmente quando ele estiver chateado com alguma coisa. Verifique com seus colegas de trabalho, supervisor e amigos se você exibe alguma expressão facial irritante, como revirar os olhos, fazer cara feia ou um sorriso inapropriado, quando está passando por uma situação tensa ou infeliz.

Você deve sempre apresentar uma expressão facial calma, sincera, preocupada e interessada para mostrar ao cliente que você se preocupa, aprecia e agradece seu feedback e reclamação de suas experiências desagradáveis. Evite sorrir quando um cliente está expressando raiva. Se você fizer isso, poderá aborrecer o cliente ainda mais, fazendo-o sentir que você não está levando os problemas dele a sério.

2 tons de voz irritantes

Você sabia que as pessoas realmente respondem mais a como você diz algo do que ao que você diz. E quando você parece irritado, impaciente ou condescendente, você vai deixar o cliente já chateado ainda mais irritado. Mas, ao contrário, quando você parecer confiante, o cliente acreditará que você sabe do que está falando e, eventualmente, será muito mais fácil para você acalmá-lo.

Você vai parecer aborrecido quando seu tom aumentar no final de uma frase, isso faz você soar como se estivesse fazendo uma pergunta. Grave e ouça a si mesmo falando em um gravador. E se você ouvir que seu tom aumenta no final da frase, comece a praticar para falar com um tom mais uniforme, terminando suas frases em uma nota mais baixa. Isso o ajudará a parecer confiante e competente ao falar.

Clientes chateados acabarão se acalmando com muito mais facilidade e rapidez, pois acham calmante e reconfortante quando você responde a eles com um tom calmo, firme, atencioso e suave.

3 Gesto Defensivo de Braços Cruzados Fechado

Defensividade, indisposição para ouvir e uma mente resolutamente fechada são as mensagens do gesto de braços cruzados. Quando estiver atendendo a um cliente chateado e zangado, descruze os braços para mostrar sua franqueza e mostrar que está ouvindo com atenção.

4 postura corporal negativa

Sempre mantenha uma postura corporal aberta e não ameaçadora para evitar o aumento da irritação de um cliente irritado. Não o aglomere e forneça espaço pessoal suficiente ficando longe o suficiente.

Levante-se ou sente-se ereto para mostrar que está atento e ouvindo seu cliente. Evite cair ou recuar, pois você parecerá desatento e desinteressado.

5 Contato Tátil e Físico

Evite tocar uma pessoa zangada e chateada em todos os momentos, pois isso pode provocá-la ainda mais e pode até mesmo levar a uma violência desagradável.

6 xingamentos e palavrões

Ficar calmo e responder com paciência quando alguém está xingando e xingando você é um sinal de força e não de fraqueza. Sempre se controle de uma maneira calma e firme ao responder a um cliente irritado. Lembre-se de que você é um profissional que representa sua empresa e nunca há desculpa para praguejar ou xingar, mesmo que o cliente o faça.

7 Comer, mastigar e mordiscar

Quando estiver se comunicando com o cliente por telefone ou cara a cara, não masque chiclete, não coma ou mordisque nenhum alimento. Esses atos são considerados muito incômodos aos olhos de todos os clientes e irão aborrecer ainda mais um cliente já irado.

8 Suspiro Suspirando Suspirando

Não suspire na frente de um cliente zangado e chateado, pois isso apenas sugere aborrecimento, impaciência e insatisfação, e vai piorar ainda mais a situação já tensa.

9 Movimento lento Dilly-Dally

Os clientes irritados e chateados já estão impacientes e esperam que você responda às suas necessidades e solicitações rapidamente. Mova-se rapidamente e não demore quando estiver ajudando esses clientes.

As Palavras Finais

Os sinais e gestos de sua linguagem corporal projetarão constantemente sua atitude aos olhos do público. E você deve sempre se certificar de que sua atitude é “Vou fazer um esforço extra para ajudar e ajudar da melhor maneira possível”. Lembre-se de que a mesma qualidade de serviço também será esperada de você quando você for o cliente.

Lembre-se sempre de que seu trabalho é ajudar seus clientes atendendo profissionalmente suas necessidades e resolvendo seus problemas. Se você realmente não suporta ajudar pessoas irritadas e chateadas, é aconselhável solicitar a transferência para outro departamento com atribuições e responsabilidades diferentes.



Source by Brandon Lindall

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *