Compreendendo todo o conceito de ajuste do chip do carro para seu desempenho aprimorado

Hoje em dia, as tendências de ajuste de chip de carro ganharam uma enorme popularidade em todo o mundo e a maioria dos entusiastas de carros pode ser vista visitando a garagem para ajustar seu carro para aumentar a potência e o desempenho. Um fato interessante sobre o chip tuning é que essa tendência não é encontrada apenas entre os entusiastas de carros que têm um carro de três a quatro anos, mas também entre os proprietários de carros que compraram recentemente um veículo novo que não tem nem um ano. Bem, agora surge a questão: apesar de ter um carro novo, por que esses donos de carros ajustam o chip como os donos de carros antigos?

Uma resposta a esta pergunta é a mesma que para os proprietários de carros antigos, para melhorar o desempenho oculto que foi restringido devido às condições de condução existentes no seu país. Isso significa que pode-se dizer que o ajuste do chip do carro é o processo que é útil para aumentar o desempenho do carro. Mas, agora a questão é quantos de realmente entendem o processo de ajuste de chip? Porque, depois da corrida cega, conseguir o chip afinado se tornou uma moda entre os proprietários de carros, mas até que você não conheça o processo, não será capaz de perceber as mudanças.

Processo de ajuste de chip: De forma simples, o ajuste de chip é o método que reprograma a unidade de controle eletrônico (ECU) do carro e a faz funcionar de acordo com os parâmetros recém-determinados. A ECU é colocada no sistema de injeção do carro e monitora a proporção de combustível e ar que é gerada dentro do motor. A reprogramação do chip facilita a compreensão do tipo de relação que você deseja desenvolver dentro do motor como o impacto da combinação de ar e combustível.

O custo do ajuste de chip depende principalmente do método de ajuste adotado por seu mecânico. De qualquer forma, como o processo é uma atividade complexa que gira em torno do computador e do sistema elétrico do seu carro, ele deve ser conduzido com total discrição, pois todo o processo não afeta apenas o desempenho do motor do carro, mas também o desempenho das várias partes a ele associadas .

Componentes controlados pelo chip: Com a mudança nas técnicas de fabricação de automóveis, os componentes associados ao ECU também mudam de tempos em tempos e, portanto, dependendo do ano de fabricação do carro, os componentes associados a ele podem variar. Alguns dos componentes que afetam seu desempenho são o sistema de injeção de combustível, sistema de aceleração, sistema de sincronização e ignição, sistema de estabilização do veículo, sistema de suporte de válvula e sistema de transmissão automática. Todos esses componentes são partes sensíveis do seu carro e sua combinação perfeita com o chip resulta em aumentar o desempenho do carro por meio de sistemas de injeção de válvula.

Mais alguns fatos associados ao sistema ECU

O sistema da ECU está normalmente localizado próximo aos painéis de controle localizados no painel. Seu desempenho é controlado principalmente por meio da porta conhecida como porta de diagnóstico. Vê-se que muitos proprietários de automóveis com vasto conhecimento de informática tentam afinar o chip em sua extremidade e os prendem na teia de cálculos que torna difícil para eles saírem dela. Pelo contrário, eles também perturbam as configurações existentes do motor, o que prejudica a funcionalidade do motor. Para evitar tais problemas, é sempre recomendável visitar um profissional com vasto conhecimento em afinação de chips.

Aqui seria importante mencionar que hoje embora existam muitos fabricantes que oferecem dispositivos de ajuste de chip faça você mesmo, mas apesar disso a melhor maneira de evitar qualquer problema é procurar a ajuda de um especialista.



Source by Kamal Swami

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *